Alto Alegre dos Parecis
Com fortes altas de pecuária e grãos, IPPA/CEPEA avança 19% em 2020

Por Cepea
Publicado 18/02/2021
A A
FOTO: ILUSTRAÇÃO Imagem de Charles Echer por Pixabay

Os preços da maioria dos produtos agropecuários subiram com força ao longo de 2020 no Brasil. Com isso, o IPPA/Cepea (Índice de Preços ao Produtor de Grupos de Produtos Agropecuários) avançou expressivos 18,95% em 2020 frente ao ano anterior, conforme indicam cálculos do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP.

A forte elevação do Índice do Cepea esteve relacionada sobretudo às dinâmicas para o IPPA-Grãos/Cepea, devido à soja, ao milho, ao arroz e ao algodão, e do IPPA-Pecuária/Cepea, atrelado aos comportamentos da arroba bovina, dos suínos e do leite.

De 2019 para 2020, cálculos do Cepea mostram que as altas reais foram de 29,69% no IPPA-Grãos/Cepea, de 15,54% no IPPA-Pecuária/Cepea e de 2,58% no IPPA-Café+Cana/Cepea. Já o IPPA-Hortifrutícolas/Cepea apresentou ligeira queda real de 0,63% em 2020 frente ao ano anterior. Pesquisadores do Cepea ressaltam que, ao longo de 2019, houve forte aceleração dos preços agropecuários, sobretudo a partir de segundo semestre, comportamento que se manteve firme em 2020.

Com o forte aumento dos preços agropecuários desde o segundo semestre de 2019, o IPPA passou a apresentar vantagem frente aos preços industriais – cenário que não era observado desde meados de 2017.

QUATRO TRIMESTRE DE 2020 – Entre o terceiro e o quarto trimestre de 2020, especificamente, o IPPA/Cepea aumentou 11,15%, devido a choques não antecipados, que resultaram em índices acima das médias esperadas e fizeram com que o IPPA superasse o limite superior da normalidade em alguns meses.

Esse comportamento refletiu as altas nos IPPAs de pecuária, grãos e hortifrutícolas, que, na mesma comparação, avançaram 6,61%, 18,59% e 19,86%, respectivamente. Já o cenário para o café+cana foi de queda entre o terceiro e o quarto trimestre, de 3,95%.

Fonte: Cepea